leia nossos conteúdos e tenha muito mais

conhecimento

conhecimento

Canais de Conteúdo: Onde investir no Marketing Digital?

Canais de Conteúdo

Toda estratégia de marketing passa, em algum momento, pelo conteúdo, mas a dúvida que sempre surge é: em quais canais de conteúdo a minha estratégia vai dar mais resultado? A realidade é que quem vai te dar a resposta para isso é a sua audiência, você precisa testar e escolher o canal que faça mais sentido de acordo com o seu objetivo.

Mas para te ajudar nessa escolha e, principalmente, nos seus testes, resolvi te contar um pouquinho sobre 3 dos principais canais de conteúdo da atualidade.

Facebook

O primeiro, e um dos mais conhecidos, é o Facebook. Uma simples rede social, muito famosa, em que compartilhamos imagens, vídeos, memes, entre outros. Muitos o conhecem desta maneira, mas ele não é apenas isso.

Principais Recursos do Facebook

Ele pode perfeitamente ser utilizado como um canal de conteúdo, porque além de ter recursos incríveis, com infinitas possibilidades, tem um enorme alcance.

Muitos acreditam que apenas criando uma página no Facebook e colocando seus produtos no feed da página, os resultados vão aparecer. Pode acontecer de realmente conseguirem um certo sucesso, mas não é o recomendado. O ideal é que uma estratégia seja aplicada à rede social, engajando o público e vendendo para ele.

Além disso, com um investimento financeiro, sua página pode crescer ainda mais! Crie campanhas de anúncios pagos para veicular o seu conteúdo e os seus produtos/serviços. O gerenciador de anúncios vai te entregar dados valiosíssimos sobre a sua audiência e você vai entender como vender para ela.

Veja um artigo específico sobre Como funcionam os Anúncios no Facebook

Formatos De Conteúdo do Facebook

Diferente do Instagram, por exemplo, o Facebook aceita vários formatos de conteúdo. Você pode compartilhar links, imagens, vídeos, gifs, e muito mais. Essa gama de formatos te dá a oportunidade de variar o que você publica, diminui a chance de o seu conteúdo se tornar “chato” e abre mais espaço para testes! (Nós amamos testes!)

Boas Práticas do Facebook

  • A primeira prática que você deve seguir na sua estratégia de marketing, independente do canal de conteúdo que você for investir, é definir o seu público alvo. Não adianta você querer investir onde seu público não está. Para definir isso, você precisa de algumas informações, como por exemplo idade, sexo e desejos dos clientes. Para entender melhor sobre como definir seu público alvo, dá uma olhada em nosso artigo específico sobre o tema.
  • É essencial que sua empresa tenha uma boa página no Facebook, mas outra coisa muito importante é investir no atendimento. O cliente vê seu produto, mas ainda assim continua com dúvidas. O que ele vai fazer? Perguntar. Uma boa dica é você responder o cliente rápido, ser sincero e simples na resposta, desde que tire suas dúvidas.
  • Outra coisa que é fundamental é ter uma certa frequência nas postagens, não é nada legal visitar uma página e se deparar com conteúdo desatualizado, mas é importante também que você tome cuidado para não exagerar, isso pode gerar desconforto para quem está vendo as postagens.

Aproveita e confere o artigo que produzimos especificamente sobre Marketing no Facebook aqui no blog da Lands!

Instagram

Tão conhecido e popular quanto o Facebook, o Instagram tem uma “pegada” mais visual, onde são valorizados conteúdos de imagem e vídeo. O Instagram é a rede social queridinha dos brasileiros e pode ser utilizada para qualquer segmento, porém, se você é de ramos como beleza, moda e/ou comida, o Instagram é obrigação.

Principais Recursos do Instagram

Além das inúmeras formas de interação e comunicação por fotos e vídeos como stories, cenas, o próprio feed ou os melhores amigos, o Instagram também possui a sua ferramenta de anúncios.

  • Instagram Ads: Integrado ao Facebook Ads, os anúncios do Instagram têm um grande potencial de conversão, haja visto que eles são inseridos no feed ou nos stories do usuário de forma discreta, quase que “camuflado” entre os posts das páginas que o usuário curte.
  • Função “Arrasta pra cima” nos Stories: Com esta função, você pode redirecionar o visitante para uma determinada página, sendo ela um site, artigo de blog, uma página de vendas ou landing page (se a sua página tiver mais de 10 mil seguidores, esse recurso pode ser utilizado até para publicações não patrocinadas).

Formatos de Conteúdo do Instagram

O Instagram não aceita muitos formatos de conteúdo. Os únicos aceitos são: Fotos e vídeos, que podem ser publicados no Feed ou nos Stories. Isso porque como se trata de uma rede social muito visual, compartilhar links por exemplo, já não seria tão interessante.

Boas práticas do Instagram

  • Tenha uma relação mais próxima com seus seguidores. Isso faz com que a confiança seja maior e também aumente a valorização da sua marca para o seguidor, tornando-o assim, um potencial cliente.
  • Promova suas publicações. Os posts que você faz chegam para menos de 10% da sua audiência. Para poder aumentar o número de pessoas que verão suas postagens e a chance de elas atenderem os seus objetivos, você pode promove-las.
  • Tenha um calendário de posts, isso te ajudará a manter um certo controle para não exagerar não publicações, mas também para não deixar seu perfil “abandonado”, afinal, as pessoas te seguem porque se interessaram pelo seu conteúdo e esperam coisas novas.

E-mail

O e-mail é um dos canais de conteúdo que mais geram conversões. Você não leu errado, o e-mail é um dos melhores canais para quem deseja focar em conversões.

Se, em algum momento, o seu seguidor/visitante deixou o endereço de e-mail para comunicações futuras, ele tem muito mais chance de comprar o seu produto. Esse é um dos principais motivos para o sucesso dos e-mails. Você conversa diretamente com a sua audiência, entregando exclusividade e conteúdo direcionado.

Muitos acreditam que o e-mail não funciona mais. Veja nosso artigo que fala sobre o tema e tire as suas próprias conclusões.

Principais recursos do E-mail

Os recursos que o e-mail oferece dependem muito da ferramenta que você escolher, mas normalmente, os mais comuns, são:

  • Possibilidade de enviar conteúdo de forma direta para diversas pessoas ao mesmo tempo;
  • Acompanhamento de engajamento dos leads de forma geral e individual;
  • Possibilidade de segmentação dos leads por interesse, por exemplo.

Formatos de conteúdo do E-mail

O e-mail nos deixa criar conteúdos com diversos tipos de formatos, imagens, GIFs, textos, e o mais legal: podemos usar o formato HTML, que nos permite criar e-mails ricos em conteúdo, com imagens, tabelas, anexos, links, botões, e muito mais.

Boas práticas do E-mail

  • A principal e mais importante prática é que você construa sua lista de e-mail. Muitos compram listas, mas isso não é interessante. Não é nada legal você abrir sua caixa de entrada e se deparar com um e-mail de uma empresa que não conhece.
  • Analise os resultados. Assim, você pode saber para quem mandar determinado e-mail e em determinado momento.
  • Definição da linguagem. Você precisa saber qual linguagem usar nos e-mails, se sua marca é mais séria, com assuntos mais sérios, ou se é algo mais descontraído.

Veja também: 5 dicas para criar e-mails de sucesso

Conclusão

E aí, dentre essas três opções de canais de conteúdo, você conseguiu encontrar a que melhor se encaixa para sua empresa? Não? Então dá uma olhada nessa dica: Você pode utilizar quantos canais de conteúdo quiser, por exemplo, pode usar o Facebook e o e-mail como um canal secundário, ou Facebook e Instagram. Você pode dar uma variada e usar quantos e quais canais quiser.

Neste caso, você precisará investir nos canais que seu público alvo está mais presente, pois de nada adianta vender carne em um bairro de vegetarianos, não é?




Deseja receber dicas e

novidades imperdíveis?

Veja alguns dos nossos materiais