leia nossos conteúdos e tenha muito mais

conhecimento

conhecimento
28 de março de 2019

O que é inbound marketing?

Provavelmente você já encontrou o termo inbound marketing em vários lugares, como um método “novo” e que revolucionou a forma de fazer marketing digital. Mas será que ele realmente funciona? Será que vale a pena a sua empresa investir nesse novo método? Nesse artigo, vou te explicar de forma breve o que é inbound, vamos abordar o tema de forma básica e rápida. Mas vamos ao que interessa!

Afinal, o que é inbound marketing?

Também conhecido como marketing de atração, o inbound é um método de fazer marketing onde a sua empresa não vai atrás dos clientes. Ao contrário do que se tem como convencional, o cliente conhece a marca de uma forma diferente, se sente atraído por ela, entra em um processo de relacionamento e, por fim, efetua a compra.

Apesar de ser um processo mais lento, ele pode ser mais barato a longo prazo. Eu costumo utilizar a analogia do casamento, onde empresa e cliente se conhecem, rola o primeiro beijo e a partir daí começam um relacionamento. Depois de um tempo, a empresa pede o cliente em namoro, ele aceita, passa mais um tempo e aí sim, vem o pedido de casamento. Nessa pequena história, a chance do cliente aceitar o pedido é grande, não? O que acontece no marketing tradicional, é que empresa e cliente se conhecem e o pedido de casamento vem logo em seguida. Qual você acha que é a resposta mais provável em um processo tão rápido?

Calma, eu vou explicar bem como funcionam as etapas, desde antes do primeiro beijo, que é a primeira conversão, até o casamento, que é a venda propriamente dita. O conjunto de todas essas fases é chamado de jornada de compra.

Como fazer o possível cliente conhecer a empresa?

Bom, no inbound marketing, a empresa aparece para o cliente, mas não precisa oferecer produtos. Nesta etapa, o objetivo é apenas apresentar conteúdo, seja ele por meio de redes sociais, blog, site, ou qualquer outro canal. Por exemplo, se a sua empresa é de material esportivo, seria uma boa ideia publicar conteúdos sobre a importância de praticar esportes. Escreva um artigo para o seu blog e faça um post na rede social, as pessoas que gostam de esportes vão gostar. É aí que vai acontecer a primeira fase daquela história, vocês vão se conhecer.

No inbound, basicamente você precisa aparecer para o seu cliente, sem a necessidade de oferecer produtos ou fazer promoções. Torne-se “amigo” dele. Na jornada de compra, essa fase se chama Aprendizado e Descoberta.

Tá, como chegar no primeiro beijo?

Vocês já se conheceram, mas você vai precisar se provar interessante o suficiente pra rolar o primeiro beijo, que é a primeira conversão. Se os conteúdos do seu blog ou da sua rede social são interessantes, por que você não oferece uma inscrição na newsletter, para que o possível cliente fique sempre atualizado? Se ele se inscrever, pronto, vocês deram o primeiro beijo.

Essa etapa nada mais é do que o visitante se tornar um lead, ou seja, ele deixa informações básicas como nome e e-mail em troca de alguma recompensa. A recompensa pode ser uma inscrição na news, um e-book, etc. Aqui, ele passa do Aprendizado e Descoberta para o Reconhecimento do Problema.

Crie um relacionamento (namoro)

A partir do momento que você possui o e-mail do seu lead, o relacionamento pode ser feito de uma forma saudável por e-mail, por exemplo. Entenda qual a frequência que os seus leads interagem com seus conteúdos, para que você não se torne inconveniente. Fale na língua dos seus leads e eles vão dar o retorno que você busca.

Durante o relacionamento, alterne entre conteúdos gratuitos (blog posts) e conteúdos ricos (infográficos, e-books, webinars, etc.). Pense que a cada interação, o lead fica mais próximo do seu produto, mais próximo do casamento. Claro, cada tipo de interação tem um peso, a abertura de um e-mail vale menos que uma inscrição para um webinar, por exemplo.

Nessa fase, você apresentará possíveis dores que o lead possui e apresentará soluções para ela. Essa etapa é chamada de Consideração da Solução.

Chegou a hora do grande pedido

Depois de um tempo de namoro, você já pode começar a pensar em oferecer um produto para o lead. Esse é o que chamamos de pedido de casamento, onde o lead se torna um cliente. A oferta pode vir por e-mail, por ligação, de várias formas. É sempre importante que o lead demonstre vontade de comprar antes mesmo de você oferecer o produto.

No caso da empresa de material esportivo, antes de oferecer um produto, a empresa precisa entender qual é a necessidade do lead, quais são as suas dores. Dessa forma, a oferta pode ser mais assertiva, solucionando exatamente o problema principal do possível cliente. Chamamos essa etapa de Decisão de Compra.

Sobre inbound marketing, leia também:

Simples, não é?

A analogia do casamento é uma brincadeira que fiz pra tentar te mostrar que o relacionamento torna a chance de conversão maior. Isso, sem contar que você estará conversando com pessoas que já tem uma tendência de compra, tornando a chance de compra muito maior.

Ficou com alguma dúvida? Deixa nos comentários e vamos conversar. O inbound marketing é um método que serve para qualquer segmento de mercado, basta adaptá-lo para o que o seu cliente precisa.

 

28 de março de 2019



Deseja receber dicas e

novidades imperdíveis?

Veja alguns dos nossos materiais