Blog

Acompanhe a Lands Agência Web

4 de maio de 2018

Assessoria de comunicação ou assessoria de imprensa?

Os nomes são parecidos, mas se referem a duas práticas distintas. Mas você sabe qual a diferença entre elas? E qual é a ideal para sua empresa?

Bom, vamos lá! A assessoria de imprensa administra a divulgação de informações entre um cliente e o público. Esse cliente pode ser uma pessoa, uma empresa, uma universidade ou uma instituição.

A atividade funciona em duas vias. Uma delas, abastece o cliente com o que os jornais, portais, rádios e TV’s estão falando sobre ele, no que é conhecido como clipping. Mas esses profissionais não fazem apenas uma listagem de matérias e conteúdos. Eles especificam qual o enquadramento cada jornal está dando sobre o último lançamento da empresa.

A assessoria de imprensa também presta serviços para jornalistas. Apesar de ser pago pelas empresas e instituições a que servem, o trabalho do assessor de imprensa ajuda a aproximar a mídia da organização.

De um lado, o assessor de imprensa tenta “pautar” a mídia e fazer com que a empresa apareça nos jornais, através de estratégias e ferramentas como release e a coletiva de imprensa.

Por outro lado, a assessoria de imprensa também é procurada pelos jornalistas. Isso acontece quando o jornalista precisa entrevistar um membro da empresa que detenha conhecimento sobre um assunto. Ou seja, para responder uma crítica ou resolver uma crise.

Já a assessoria de comunicação é mais regida pelo marketing que pelo jornalismo. Nessa atividade, o profissional media as informações dentro da própria empresa. Estão dentro do escopo jornais internos, comunicação corporativa, newsletters e eventos, por exemplo.

Que profissionais trabalham em assessoria de comunicação?

A assessoria de imprensa é composta por jornalistas e relações públicas, que têm como principal função ser o ele entre as organizações e os veículos de comunicação. Assessores de imprensa devem conhecer as atividades, os projetos, as proposta e as ideias do cliente, só assim é possível elaborar estratégias de comunicação e sugerir pautas noticiáveis para a mídia.

Eles devem ainda assessorar e divulgar eventos, montar os clippings de notícias com matérias sobre temas relevantes ao assessorado. Além de orientar sobre como executivos e colaboradores devem se relacionar com a imprensa, conhecido como media training.

Media training é o termo usado para designar o treinamento de profissionais (geralmente executivos e gestores) para representarem da maneira mais adequada a empresa nos meios de comunicação. Assim, os representantes treinados se tornam porta-vozes.

Já a assessoria de comunicação é formada por, pelo menos, um profissional de cada área da comunicação social, ou seja, jornalistas, publicitários e relações públicas.

O assessor de comunicação ainda precisa ter conhecimento sobre as ações do departamento de Recursos Humanos, saber direcionar as informações para os diversos públicos na comunica