Blog

Acompanhe a Lands Agência Web

Técnicas de persuasão em Marketing

Influenciar as pessoas é um dos processos mais importantes na comunicação de marketing, com ética, é claro

 

Quando falamos em persuadir, geralmente as pessoas acabam nos levando a mal, muitas vezes por confundir a persuasão com a manipulação. Mas qual o significado dessas palavras?
Persuasão é um processo simbólico de comunicação que tenta convencer outras pessoas a mudar de atitude ou comportamento, em determinado assunto através da transmissão de uma mensagem dentro de uma atmosfera livre de escolha.
Por definição, a persuasão pode se utilizar de simbolismo, ou seja, uso de palavras, imagens e sons.
Entretanto, não confunda persuadir e convencer. Convencer é “vencer com”, você procura persuadir e utilizar argumentos lógicos, colocando-se do mesmo lado da mesa onde o outro está, ajudando a tomar a melhor decisão para ele, não para você.
Aqui, persuasão e convencimento andam juntos. A diferença é que, enquanto a persuasão se utiliza de técnicas que trabalham mais a mente e subconsciente, o convencimento trabalha mais a razão.
Já a manipulação não significa uma simples influência, ela funciona de forma irracional afim exercer o poder. Esse exercício é sem legitimação, aplicando autoridade. A manipulação descarta todo o raciocínio crítico do interessado.

Onde entra o Marketing?

A persuasão atua como ferramenta permitindo ao profissional de marketing criar o ambiente correto para concretizar uma oportunidade de venda. Para o consumidor, é a chance de verificar se o produto ou serviço realmente é importante o suficiente para ser adquirido.
A persuasão ainda é muito estuda pela ciência, mas ela só funciona se tivermos um ambiente favorável. Sem isso, você pode ser considerado o famoso “charlatão”.
Os elementos deste ambiente podem ser chamados de “antecedentes da influência social”. Isto, porque preparam o terreno para que as coisas aconteçam. Sem esse terreno bem semeado, é provável que o planejamento vá por água abaixo.
Continue lendo.